Notícias

Segundo Seminário Estadual sobre a LGU rechaça segunda versão da proposta

O debate resultou em documento que reitera o rechaço à LGU e pede o arquivamento imediato da minuta, como aditivo à síntese da primeira edição do Seminário realizado em Londrina, em 2 de agosto passado

Aconteceu nesta sexta-feira (6) , em Ponta Grossa, o segundo Seminário Estadual sobre a LGU. O evento foi relizado no Grande Auditório, no Campus Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Neste evento, representantes e filiados de nove sindicatos docentes e de agentes universitários das sete Universidades Estaduais do Paraná reiteraram o rechaço à segunda versão da proposta integralmente, divulgada em 12 de agosto pela Superintendência de Ciência e Tecnologia (SETI). O debate resultou em documento que reitera o rechaço à LGU e pede o arquivamento imediato da minuta, como aditivo à síntese da primeira edição do Seminário realizado em Londrina, em 2 de agosto passado.

“É importante destacar a seriedade com que o movimento sindical, de greve e de luta, tratou como questão central esta minuta, entendendo que ao reordenar a forma com que as Universidades se constituem, a LGU reordena a própria instituição, fragilizando seu caráter autônomo, público e, sobretudo, de qualidade, quando redesenha uma universidade muito mais fragilizada”, afirmou a presidente do ADUNIOESTE, Liliam Faria Porto Borges. “Destaco também que fizemos um trabalho muito sério e comprometido durante a greve para entender a minuta em suas minúcias, para pensá-la com seriedade e compromisso na defesa da Universidade pública”, acrescentou.

Participaram das discussões nesta sexta-feira as entidades:  Sindicato dos Docentes da UEPG (SINDUEPG), Sindicato dos Técnicos e Professores da UEPG (SINTESPO), Sindicato dos Professores do Ensino Superior Público de Londrina e Região (SINDIPROL/ADUEL), Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual de Maringá (SESDUEM), Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (ADUNIOESTE), Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual do Centro-Oeste (ADUNICENTRO), Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual do Norte do Paraná (SINDUNESPAR), Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (SINTEEMAR), Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Superior do Oeste do Paraná (SINTEOESTE) e Diretório Central de Estudantes (DCE) das Universidades Estaduais.

 

O primeiro Seminário

O primeiro Seminário Estadual sobre a LGU ocorreu no dia 02 de agosto em Londrina. Teve a participação de aproximadamente 300 docentes, agentes universitários e estudantes de todas universidades estaduais do Paraná. Pela manhã funcionaram seis grupos de trabalho (cinco de docentes e agentes universitários e um de estudantes), discutindo diferentes aspectos e impactos da LGU e elaborando textos específicos de avaliação. Em todos os grupos, o rechaço foi unânime. À tarde, a Plenária discutiu os relatórios dos GTs e deliberou sobre o documento de síntese. Além disso, reafirmou em votação unânime o repúdio à LGU, com entendimento de que não cabe qualquer possibilidade de emenda ou modificação da minuta que a torne menos danosa. 

Este Seminário foi precedido de estudos preparatórios e sistematizações realizados nas IEES. Para o desenvolvimento dos trabalhos, os participantes, pela manhã, foram divididos em Grupos de Trabalho Temáticos e, à tarde, participaram de uma Plenária na qual os temas foram amplamente debatidos.